A evolução das sapatilhas Nike e a sua história

Quando falamos da cultura streetwear, sobretudo de sneakers, uma das primeiras marcas que nos vem à cabeça é a Nike. Tem sido uma das líderes desta corrente de moda urbana durante décadas, praticamente desde o seu começo.

A história da Nike é longa… Phil Knight, o fundador da empresa, começou a trabalhar neste projeto na década de 60, mas só apenas nos anos 70 lançaria a primeira sapatilha própria da marca. O atletismo foi a sua força motora e só depois se alargou a outros desportos, como o basquetebol e o futebol.

Lista de todos os modelos da Nike

A cada década a Nike foi dando um passo em frente e é incrível ver a evolução que sofreram as suas sapatilhas. Por isso, na JD Sports criamos uma cronologia visual, em jeito de infografia. Nela vais poder redescobrir a história desta marca e das sapatilhas mais icónicas de cada ano, desde os anos 70 até aos dias de hoje.

1970-1979
1972

Nike Cortez

Gif das Nike Cortez e Cortez Ultra Moire

O primeiro grande modelo da marca, umas sapatilhas de running lendárias.

Ler mais Comprar


1973

Nike Blazer

Nike Blazer OG

Depois do seu início no mercado das sapatilhas de corrida, a empresa começou a criar modelos para outros desportos, de maneira a aumentar o seu público-alvo e mercado. As Blazer foram a sua primeira aposta no que toca a sapatilhas de basquetebol.

Ler mais Comprar

1979

Nike Daybreak

Nike Daybreak pretas

A sola Waffle era um dos pontos fortes das Daybreak, perfeitas para corredores.

Ler mais Comprar

1979

Nike Air Tailwind ’79

Nike Tailwind 79 em verde azeitona

Foi a primeira vez que a Nike utilizou a tecnologia Air nas suas sapatilhas.

Ler mais

1980-1989

1982

Nike Air Force 1

Gif da evolução das Nike Air Force 1 Mid até às Low

As sapatilhas que melhor representam o estilo dos anos 80. Dos campos de basquetebol até às ruas de todo o mundo!

Ler mais Comprar


1983

Nike Pegasus

Gif de dois modelos da Nike Pegasus

As Pegasus chegaram no princípio dos anos 80 como umas sapatilhas para todo o tipo de corredores.

Ler mais Comprar


1985

Nike Dunk

nike dunk azuis

Umas das sapatilhas com mais hype dos últimos anos! Do basquetebol deram o salto ao skate e ao streetwear.

Ler mais Comprar


1987

Nike Air Max 1

Nike Air Max 1 azuis

Foram as primeiras sapatilhas da Nike a ter uma câmara de ar visível na sola, toda uma inovação!

Ler mais Comprar


1989

Nike Air Flight ’89

Nike Air Flight 89 brancas e azuis

As Nike Air Flight 89 partilham detalhes com as Jordan 4, que saíram no mesmo ano.

Ler mais


1990-1999

1990

Nike Air Max 90

Nike Air Max 90 OG em roxo

O início da geração de sapatilhas Air Max nomeadas conforme o ano em que eram colocadas à venda.

Ler mais Comprar

1991

Nike Huarache

Sapatilhas Nike Air Huarache pretas

Nos anos 90 eram consideradas umas sapatilhas futurísticas. Hoje são consideradas um ícone retro da moda streetwear.

Ler mais Comprar

1995

Nike Air Max 95

Nike Air Max 95 cinzento e preto

Sabias que a silhueta das Air Max 95 se baseia na anatomia humana?

Ler mais Comprar

1995

Nike Air Barrage

Sapatilhas Nike Air Barrage Mid e Low

Triunfaram na NFL, a liga de futebol americano. Alguns consideram que as Barrage são as antecessoras das Uptempo.

Ler mais

1996

Nike Air Max Uptempo

Nike Air Max Uptempo em vermelho e preto

São a história do basquetebol. Umas sapatilhas com mais absorção de choque e câmaras de ar para os melhores jogadores da NBA.

Ler mais Comprar

1996

Nike Air More Uptempo

More Uptempo pretas com estampado militar

Maiores, mais chamativas e mais AIR. As More Uptempo continuam a causar furor, passem os anos que passarem.

Ler mais Comprar

1997

Nike Air Foamposite Pro

Nike Foamposite Pro em branco e preto

Foi um dos modelos colocado à venda em 1997 para apresentar a tecnologia Foamposite, dentro da linha Nike Basketball.

Ler mais

1997

Nike Air Max 97

Air Max 97 pretas

O Christian Tresser inspirou-se no movimento de uma gota a cair sobre a água para criar o desenho das ondulações.

Ler mais Comprar

1998

Nike Air Max 98

Air Max 98 com design colorido

Uma proposta alternativa que queria replicar o êxito das 97, sendo inspirada em alguns dos aspectos do seu design.

Ler mais Comprar

1999

Nike Air Max Tailwind IV

Nike Air Max Tailwind IV

O quarto modelo da coleção Nike Tailwind chegou com uma sola com câmaras de ar, inspirada nas AM95.

Ler mais

2000-2009

2000

Nike Air Presto

Nike Air Presto Fly World pretas

O seu designer fez testes durante quatro anos para encontrar a chave da flexibilidade, transpiração e conforto das Presto.

Ler mais Comprar

2000

Nike Shox

Gif das Nike Shox R4 e TL

As sapatilhas com molas que todos queríamos no começo dos anos 2000! Um clássico independentemente da altura!

Ler mais

2010-2019

2014

Nike Air Max 2015

Air Max 2015 com gradiente roxo e azul

Logo invertido e câmara de ar com molas, esta foi a proposta da Nike para as novas Air Max, as estrelas de 2015.

Ler mais

2015

Nike Metcon

Gif de dois modelos cinzentos das Nike Metcon

A Nike começa a apostar nas sapatilhas de crossfit com a sua linha de modelos Metcon.

Ler mais Comprar

2017

Nike Air Vapormax

Gif da evolução das Nike Vapormax Flyknit 2 brancas até às Vapormax 2019 douradas

É como caminhar sobre uma nuvem. As câmaras de ar conseguem o maior protagonismo de sempre com as Vapormax.

Ler mais Comprar

2018 Janeiro

Nike Air Vapormax Plus

Nike Vapormax Plus Triple Black

Um modelo híbrido que funde o passado das Air Max Plus com a tecnologia futurística das VaporMax.

Ler mais

2018 Fevereiro

Nike Air Max 270

Sapatilhas Air Max 270 pretas

As Air Max 270 chegaram como as sapatilhas com uma câmara de ar de 32 milímetros, a mais alta até à data.

Ler mais Comprar

2018 Fevereiro

Nike Epic React Flyknit

Nike Epic React Flyknit brancas

Uma nova geração de sapatilhas de running.

Ler mais

2018 Maio

Nike M2K Tekno

Nike M2K Tekno beges

As M2K Tekno foram a proposta da Nike para a tendência de chunky sneakers.

Ler mais

2018 Setembro

Nike Air Max 270 Bowfin

Nike Air Max 270 Bowfin castanhos

A combinação perfeita entre o trial running das Nike ACG com as Air Max 270.

Ler mais

2018 Outubro

Nike React Element 55

Modelo multicor das Nike React Element 55

Um passo à frente na tecnologia React com detalhes circulares e coloridos na sola. Uma fusão do estilo running e da estética futurista.

Ler mais Comprar

2018 Dezembro

Nike Air Max Dia

Air Max Dia pretas

Por elas e para elas. Quatro profissionais uniram forças para criar as Air Max Dia, uma silhueta exclusiva para mulheres.

Ler mais

2018 Dezembro

Nike Zoom 2K

Nike Zoom 2K pretas e brancas

Inspiradas nas sapatilhas retro de basquetebol. Primeiro chegaram num modelo só para mulher e depois chegou a versão para homem.

Ler mais Comprar

2019 Fevereiro

Nike Air Max 720

Air Max 720 cinzentas

Roubaram o recorde da câmara de ar mais alta às Air Max 270, aumentando-a um milímetro mais. Será que virá outro modelo roubar a coroa?

Ler mais Comprar

2019 Fevereiro

Nike Air More Uptempo 720

Sapatilhas Uptempo 720 em vermelho

Se as Uptempo e as Air Max 720 já são incríveis separadas, imagina-as juntas. Um modelo híbrido com o melhor de cada silhueta.

Ler mais Comprar

2019 Março

Nike P-6000

Sapatilhas Nike P-6000 prateadas com toques de vermelho

As P-6000 recuperam a essência das sapatilhas do princípio da década de 2000.

Ler mais

2019 Julho

Nike Air Max 270 React

Nike Air Max 270 React Bauhaus

Foi o primeiro modelo a fundir as tecnologias chave da Nike: a sola com espuma React com uma câmara de ar. Amortecimento de outro nível!

Ler mais

2019 Agosto

Nike Air Max 200

Nike Air Max 200 Rasta

As Air Max 200 são uma homenagem aos clássicos. As ondulações inspiram-se nas forças da natureza.

Ler mais Comprar

2019 Agosto

Nike Joyride

Gif das Nike Joyride Run e das Joyride CC

Joyride é uma nova tecnologia que utiliza pequenas esferas no interior da entressola.

Ler mais

2019 Setembro

Nike Signal D/MS/X

Nike Signal D/MS/X Guava Ice

O design mais arrojado da última década.

Ler mais

2019 Setembro

Nike RYZ 365

Nike RYZ 365 em branco e creme

Alguns consideram que as RYZ 365 são as sucessoras das M2K Tekno dentro da tendência chunky.

Ler mais

2019 Dezembro

Nike Ghostswift

Nike Ghostswift

A linha D/MS/X continua a aumentar com as Nike GhostSwift, uma combinação das sapatilhas Ghost Racer e das Swift Triax.

Ler mais

2019 Dezembro

Nike MX-720-818

Nike Air max 720-818

Um look espacial que resulta das Air Max 720 combinadas com detalhes próprios das 98.

Ler mais Comprar

2020-2021

2020 Janeiro

Nike Vista Lite

Nike Vista Lite em bege

O começo da década chegou com as sapatilhas perfeitas para atingires os teus objetivos do ano novo.

Ler mais

2020 Janeiro

Nike Air Vapormax 360

Nike Vista Lite em bege

Um novo hibrído. Desta vez, fundiram-se as Air Max 360 com as Vapormax.

Ler mais

2020 Fevereiro

Nike Air Max Verona

Nike Air Max Verona

Depois das Air Max Dia, a Nike apresentou outra silhueta exclusiva para as mulheres.

Ler mais

2020 Março

Nike Air Max 2090

Nike Air Max 2090

O Air Max Day 2020 foi o momento perfeito para lançar as 2090, uma homenagem futurística às AM90 e aos seus 30 anos de história.

Ler mais Comprar

2020 Abril

Nike Squash Type

Nike Squash Type

Um design alternativo que tem como referência as Nike Mac Attack.

Ler mais Comprar
2020 Junho

Nike Air Max Exosense

Nike Air Max Exosense

Uma fusão entre as Air Max Plus e as Air Max 200?

Ler mais
2020 Julho

Nike Juniper Trail

Nike Juniper Trail

Umas sapatilhas de ‘trail running’ para correr pela montanha ou campo.

Ler mais Comprar
2020 Julho

Nike React Art3mis

Nike React ART3MIS

Uns sneakers com React só para mulheres com nombre de uma deusa grega.

Ler mais Comprar
2020 Agosto

Nike Air Max ZM950

Nike Air Max ZM950

O aniversário das Air Max 95 trouxe-nos esta nova silhueta que combina as tecnologias Air e Zoom.

Ler mais Comprar
2020 Novembro

Nike Air Max Zephyr

Nike Air Max Zephyr

E se adicionamos a camara de ar à parte superior?

Ler mais Comprar

2021 Abril

Nike Crater Impact

nike crater impact

Umas sapatilhas que apostam não só numa pegada de carbono zero como também no movimento zero waste, recorrendo ao uso de materiais reciclados.

Ler mais Comprar


2021 Abril

Nike Air Max Genome

nike air max genome

Um dos modelos Air Max que marcou 2021. O estilo retro-running dos anos 2000 foram a grande inspiração.

Ler mais Comprar


2021 Abril

Nike Zoom Air Fire

nike zoom air fire

Um desenho cheio de texturas e sobreposições. Há quem as compare às Spiridon Cage.

Ler mais Comprar


Nike Cortez (1972)

As Cortez foram o primeiro grande modelo da Nike. Aliás, o mais curioso é que ao princípio os designers as tinham criado para outra empresa (nada mais e nada menos que a atual Asics), mas depois decidiram tornar-se independentes, criar a sua própria marca e lançar as Nike Cortez. Foi um antes e depois entre os atletas, tanto profissionais como amadores. O design clássico é um sinal da sua identidade, apesar de nos dias de hoje poderes encontrar versões mais modernas, como as Ultra Moire com perfurações laterias. Estas sapatilhas também fazem parte da história cinematográfica devido à sua aparição no filme Forrest Gump.

Nike Cortez brancas com logo rosa
Nike Cortez brancas com o logo preto

Voltar à cronologia.

Nike Blazer (1973)

Desde o começo que a Nike apostou nas sapatilhas de running, mas rapidamente se apercebeu que seria uma boa ideia ampliar o catálogo para outros desportos. As Nike Blazer foram desenhadas especificamente para o basquetebol, para serem usadas em campo. Um cano médio que protege o tornozelo, uma parte superior em pele, uma língua em nylon e uma entressola vulcanizada… A empresa deu tudo o que tinha e criou o modelo com a melhor tecnologia que existia nessa altura.

As Blazer chamaram a atenção durante os jogos da NBA, graças ao jogador George ‘The Iceman’ Gervin. Por falar nisso, sabes como é que estas sapatilhas conseguiram este nome? Era uma forma de homenagem à Portland Trail Blazers, a equipa de basquetebol da cidade onde nasceu o fundador da Nike, Phil Knight. Podes ficar a conhecer mais detalhes destas sapatilhas no nosso artigo sobre a história das Nike Blazer.

Dois modelos das Nike Blazer em verde turquesa e cinzento
Nike Blazer on feet

Voltar à cronologia.

Nike Daybreak (1979)

As Nike Daybreak representam muito bem o estilo desportivo do final dos anos 70. Design simples, combinação de camurça e nylon na parte superior e uma busca constante da melhoria do rendimento dos atletas. A sola é o que mais se destaca nestas sapatilhas. É aquilo que se conhece como sola Waffle, devido à sua forma que recorda o padrão dos waffles. O objetivo desta sola era aumentar o nível de tração, para que os desportistas se sentissem mais seguros nas suas corridas.

Voltar à cronologia.

Nike Air Tailwind ’79 (1979)

Um especialista em tecnologia aeroespacial que colaborou com a Nike pensou que seria uma boa ideia introduzir algum tipo de compartimento de ar na entressola das sapatilhas. E, como Phil Knight adorava experimentar coisas novas, seguiu em frente com a ideia. Foi assim que surgiram as Air Tailwind, as primeiras sapatilhas com uma câmara de ar!

Em 1978, foi feito um pequeno lançamento de stock, mas foram oficialmente colocadas à venda para todos em 1979. Sem dúvida que as Tailwind marcaram um antes e um depois no mundo das sapatilhas. A sua sola almofadada ajudou muitos desportistas a correr com mais energia, conforto e velocidade. A palavra Tailwind é traduzida para o português como “vento de cauda” ou “popa”, referindo-se ao ar na parte do calcanhar na sola que te ajuda a permanecer em movimento.

Voltar à cronologia.

Nike Air Force 1 (1982)

Começaram por ser umas sapatilhas de cano alto para o basquetebol, mas com o tempo, a versão de cano baixo tornou-se um ícone do streetwear. A história das AF1 é apaixonante e por isso temos um artigo próprio para te falar sobre ela!

AF1 brancas com o logo em verde néon
Air Force 1 brancas com Swoosh preto” width=

Voltar à cronologia.

Nike Pegasus (1983)

No início dos anos 80, a Nike lançou a coleção Pegasus destinada ao público em geral, a todos os tipos de corredores e atletas. Foi evoluindo ao longo dos anos e hoje em dia existem vários modelos diferentes.

Por exemplo, as Pegasus 92 que mantêm seu design retro e são usadas a pensar nos looks casuais. Por outro lado, as Air Zoom Pegasus 36 são as herdeiras do estilo desportivo e são perfeitas para todos os tipos de exercícios, dentro e fora do ginásio. De facto, são consideradas como umas das melhores sapatilhas de corrida do momento.

Voltar à cronologia.

Nike Dunk (1985)

Desde 2019 que o mundo viu crescer a procura e o interesse pelas Nike Dunk. Como é habitual, tudo começou com certas colaborações com marcas e famosos, sendo que com isso muitos seguidores do streetwear começaram a desejar ter o seu par das Nike Dunk. Nesta nova era dourada, há que recordar que as Dunk têm 2 versões: High e Low. Oh, e já te dissemos que também existem as Nike SB Dunk, desenhadas a pensar nos skaters? Contamos-te tudo sobre a história das Nike Dunk neste post.

sapatilhas nike dunk

Voltar à cronologia.

Nike Air Max 1 (1987)

A inovação sempre foi um dos grandes pilares da Nike e o lançamento da sua linha Air Max foi uma declaração de intenções. O primeiro modelo da coleção a chegar ao mercado foi este, as sapatilhas Nike Air Max 1. É um dos modelos mais icónicos de Tinker Hatfield, já uma instituição no mundo de criação de sapatilhas. As AM1 são essenciais no mundo dos sneakers, uma vez que foram pioneiros em incluir uma câmara de ar visível na entressola. Anos depois, chegariam grandes modelos que também iam contar com essa tecnologia, ainda que com uma reviravolta, como as Air Max 97 ou as 270.

Voltar à cronologia.

Nike Air Flight ’89 (1989)

Nos anos 80 e 90, houve um grande boom do basquetebol nos Estados Unidos. Por isso, marcas como a Nike apostaram em força nas sapatilhas de basket. Um dos lançamentos que aconteceu nesta era de ouro foi o das Nike Air Flight 89. Muitos compararam estas sapatilhas às Air Jordan IV, isto porque foram lançadas no mesmo ano e partilham certos detalhes. Na verdade, o Michael Jordan estava prestes a fazer parte da coleção Nike Air Flight, mas no final foi decidido que continuaria com a sua linha Air Jordan.

Voltar à cronologia.

Nike Air Max 90 (1990)

Embora ao princípio se chamassem Air Max 3, com o tempo foram rebatizadas como AM90. Após estas sapatilhas, os modelos seguintes desta coleção iriam ser nomeadas conforme o ano em que fossem lançadas. Se quiseres conhecer em profundidade a história das Nike Air Max 90, recomendamos que leias o nosso artigo.

Nike Air Max 90 turquesa
coleção das Nike Air Max 90

Voltar à cronologia.

Nike Air Huarache (1991)

O lançamento das Nike Air Huarache foi em 1991 e o seu design esteve nas mãos de Tinker Hatfield. A mensagem que a marca queria transmitir era de que se tratava de uma sapatilha desportiva que continha apenas o essencial. Ou seja, não era necessário carregar a sua aparência, bastava usar os materiais necessários para garantir conforto e qualidade. Um dos slogans dos primeiros anúncios das Huarache comparava estas sapatilhas a um abraço, porque estas se adaptam naturalmente ao contorno do pé.

Voltar à cronologia.

Nike Air Max 95 (1995)

A Nike apostou no Sergio Lozano para criar as Nike Air Max 95, umas sapatilhas com uma silhueta provocadora, diferente e chamativa. Uma lufada de ar fresco nesta coleção. Embora possa parecer estranho, a aparência destas sapatilhas baseia-se no corpo humano. A entressola seria a coluna, enquanto as tiras dos cordões são os ossos das costelas. E, as camadas onduladas sobrepostas representam a pele e os músculos. Outro elemento que chamou muita atenção foi o logótipo Swoosh, que desta vez não aparecia em grande, mas sim, num tamanho mais reduzido e movendo-se em direção ao calcanhar.

Menina com as Nike Air Max 95
Air Max 95 azul marinho

Voltar à cronologia.

Nike Air Barrage (1995)

As Nike Air Barrage são lembradas por muitos devido à sua ligação com a NFL. Isto porque eram umas sapatilhas desenhadas a pensar nos jogadores de futebol americano, fosse para os treinos ou para os jogos em cima dos relvados artificiais. A combinação de couro e sintético, a sola robusta e alça de ajuste rápido. Tinha todos os elementos para ter sucesso no mundo do desporto. Um facto curioso: as Nike Air Barrage incluem o Swoosh da Nike até 8 vezes na sua superfície. Nas laterais também está escrita a palavra “AIR” … Talvez estas sapatilhas tenham sido a inspiração para criar as Uptempo, que foram lançadas um ano depois?

Para além das Barrage Mid, agora também existe a versão Nike Barrage Low. A principal diferença é que o cano agora é baixo e deixa o tornozelo livre. Também não possui a tira de velcro e o logótipo Swoosh é maior.

Nike Air Barrage Mid em branco e vermelho
Nike Air Barrage Low brancas

Voltar à cronologia.

Nike Air Max Uptempo (1996)

O basquetebol estava em crescimento e a evoluir a passos largos nos Estados Unidos dos anos 90. Portanto, a Nike queria atingir as expectativas dos jogadores e dos fãs com calçado que estivesse à altura. As Air Max Uptempo foram o segundo modelo da coleção Uptempo e surpreenderam pela quantidade de amortecimento que proporcionavam, graças às câmaras de ar que incluíam. A sua aparência também chamou a atenção, muito graças à silhueta protuberante. As Nike Air Max Uptempo fazem parte da história do basquetebol e isso é inegável.

Voltar à cronologia.

Nike Air More Uptempo (1996)

As Nike Air More Uptempo são um reflexo da moda dos meados dos anos 90. Reinava o exagerado, o recarregado, tudo tinha de ser grande e chamativo. O design de Wilson Smith é recordado por ter escrito em grande a palavra “AIR” nas laterais da sapatilhas, ocupado praticamente dodo o espaço. O jogador de basquetebol Scottie Pippen usou-as em vários jogos da NBA e foram criadas a pensar no amortecimento nos campos. As More Uptempo também apareceram no grande ecrã, nomeadamente no filme “George – O Rei da Selva” em 1997. Nos últimos anos também temos vivido um revival das Uptempo, como a colaboração com a marca Supreme ou o modelo Denim em ganga.

Nike Air More Uptempo Denim
Nike Uptempo Laser

Voltar à cronologia.

Nike Air Foamposite Pro (1997)

Os anos 90 foram a época de ouro da Nike Basketball. Depois das Uptempo e outros modelos, chegaram as Nike Air Foamposite para adicionar algo diferente aos campos de basquetebol. A coleção estreou-se com dois modelos, as Foamsposite e as Foamposite Pro. A principal diferença entre ambas era que as Pro possuiam o Swoosh com relevo nas laterais.

Era a primeira vez que a Nike utilizava a tecnologia Foamposite nas suas sapatilhas. É um material sintético moldado que é introduzido na parte superior para conseguir uma maior durabilidade.

Voltar à cronologia.

Nike Air Max 97 (1997)

Linhas onduladas, uma câmara de ar completa na sola… o design das Air Max 97 é único e foi um êxito em países como Itália. Se queres saber mais sobre elas, não percas o nosso post onde te contamos a sua história completa.

Nike Air Max 97 brancas
Air Max 97 rosa

Voltar à cronologia.

Nike Air Max 98 (1998)

Na Nike queriam replicar o sucesso das 97 com o modelo Air Max 90. Uma proposta diferente, mas uma na qual também encontramos a sola completa com tecnologia Air e uma parte superior com ondulações.

Nike Air Max 98 brancas
Air Max 98 em branco e preto

Voltar à cronologia.

Nike Air Max Tailwind IV (1999)

Se compararmos as primeiras Nike Tailwind com as IV, a evolução foi inacreditável. O primeiro modelo da coleção foi apresentado no final dos anos 70 como umas simples sapatilhas de running. Com o passar dos anos, cada nova proposta chegava com um look mais arrojado e perfeito para acompanhar os outfits urbanos da época. Entre todos os modelos desta linha de sapatilhas, as Nike Air Max Tailwind 4 são as mais diferentes, graças à sua aparência volumosa, uma língua grande, linhas decorativas nas laterais e uma sola com câmaras de ar que faz lembrar as Air Max 95.

Nike Air Max Tailwind IV para homem
Nike Air Max Tailwind IV para mulher

Voltar à cronologia.

Nike Air Presto (2000)

Ainda que as primeiras Nike Air Presto tenham chegado em 2000, o Tobie Hatfield começou a trabalhar nesta ideia em 1996 durante uma viagem à Coreia. Queria melhorar as sapatilhas de desporto e, para isso, consultou atletas, recolheu ideias e pôs mãos à obra. As Nike Presto foram lançadas no mercado com o slogan «T-shirt for the Foot» («Uma t-shirt para os pés»), que fazia referência ao novo sistema de tamanhos e a naturalidade com que a sapatilha se adaptava ao pé. Para a parte superior, os designers foram inspirados na flexibilidade do Neopreno das Huarache, mas com um tecido mais transpirável que deixava passar o ar. A coleção evoluiu com o passar do tempo, surgindo assim as Fly World e as React Presto.

Voltar à cronologia.

Nike Shox (2000)

Depois de revolucionar o mundo das sapatilhas ao criar a tecnologia Air, a Nike deu um novo passo ao apresentar as Shox. A principal característica era sua sola equipada com uma série de pilares em forma de mola.

Nike Shox Nova
Nike Shox TL

Voltar à cronologia.

Nike Air Max 2015 (2014)

A Nike adicionou outra reviravolta à sua coleção das Air Max ao criar o modelo de 2015. Chamou à atenção graças ao seu sistema de cordões em Flywire, que fica exposto nas laterais da parte superior. O curioso logo Swoosh também se destaca, pois está invertido e ao lado do calcanhar. Relativamente à sola, as Air Max 2015 marcaram a tendência dos anos seguintes que influenciou as AM 2016 e as 2017. Estão equipada com uma câmara de ar completa com uma série de molas que procura melhorar a flexibilidade destes modelos.

Voltar à cronologia.

Nike Metcon (2015)

Em 2015 chegaram as Nike MetCon 1, umas sapatilhas criadas a pensar no desporto dentro do ginásio. Perfeitas para os treinos de crossfit! A biqueira oferece flexibilidade e transpiração, enquanto a parte superior mantém o pé no lugar enquanto corres ou saltas. A zona do calcanhar potencia a estabilidade e a sola dá-te a tração que precisas. Um dos detalhes mais curiosos e únicos da linha Nike Metcon é que a sola de borracha se estende até às laterais com uma forma triangular. O motivo? Proteger a sapatilha e conseguir uma maior aderência quando estás a fazer exercícios, como subir uma corda. Hoje em dia podes encontrar vários modelos como a versão número 5 ou as Metcon Flyknit 3.

Nike Metcon azuis
Nike Metcon on feet

Voltar à cronologia.

Nike Vapormax (2017)

As câmaras de ar levadas ao extremo. As Vapormax são as primeiras sapatilhas da Nike a substituir a clássica sola por uma estrutura completa de câmaras de ar. Uma tecnologia que oferece amortecimento e flexibilidade em cada passo, dando-te a sensação de caminhar sobre nuvens. A parte superior das Nike Air Vapormax é feita com tecido Flyknit para que se molde à forma do pé como uma meia. Após o seu lançamento em 2017, foram sendo lançadas várias versões e uma das que mais se destacou foi a das Vapormax 2019 com material sintético e efeito translúcido.

Nike Vapormax Flyknit brancas@isabella__eriksson
Nike Vapormax 2019 rosa

Voltar à cronologia.

Nike Vapormax Plus (2018)

Estas sapatilhas prestam homenagem a dois modelos da Nike. Um fusão das Air Max Plus de 1998 e das Vapormax de 2017, a combinação perfeita entre o passado e o futuro. A parte superior replica as linhas onduladas ligadas aos cordões característicos das Plus, enquanto a sola de câmara de ar vem das Vapormax. A parte superior é de neoperono e na zona do calcanhar aparece o selo «Vm AIR», inspirado nas «Tn».

Nike Air Vapormax Grape
Nike Vapormax Plus brancas

Voltar à cronologia.

Nike Air Max 270 (2018)

Foram apresentadas como as primeiras sapatilhas lifestyle a conter câmaras de ar. Parte superior em tecido transpirável e um amortecimento perfeito para o dia-a-dia.

Nike Air Max 270 on feet
Air Max 270 para crianças

Voltar à cronologia.

Nike Epic React (2018)

A Nike estreou a sua nova tecnologia React com estas sapatilhas de corrida, as Nike Epic React Flyknit. É um tipo de espuma que se utiliza para criar a entressola e que proporciona amortecimento, leveza e um bom retorno de energia em cada passo. A parte superior é feita com uma única peça de tecido Flyknit que se molda ao pé e o deixa respirar. Também conta com pormenores de borracha para maior durabilidade e tração e ainda com um reforço no calcanhar para estabilizar. Atualmente, podes encontrar a mais recente versão das Nike Epic React Flyknit 2. Além disso, a tecnologia React destas sapatilhas serviu de inspiração para modelos que vieram depois, como as Element 55 ou as 270 React.

Voltar à cronologia.

Nike M2K Tekno (2018)

Em 2018 vivemos o auge da tendência do ‘chunky sneaker’. Uma moda na qual se recuperavam as sapatilhas retro dos anos 80 e 90 com aspetos mais arrojados, cheios de detalhes e com uma sola bem grossa. A Nike não ia ficar de fora! Uma das suas principais apostas foi nas M2K Tekno, com um desenho que presta homenagem às Nike Air Monarch, lançadas no começo dos anos 2000. Num primeiro momento, foram apenas disponibilizados modelos de mulher, mas como conquistaram tantos corações, pouco depois saíram versões para ele.

Nike M2K Tekno em mão
Nike M2K Tekno on feet

Voltar à cronologia.

Nike Air Max 270 Bowfin (2018)

A Nike contou com três pilares como influência na hora de criar este novo modelo. Primeiro, da sua própria coleção ACG escolheu o estilo outdoor tão único, como se tratassem de umas sapatilhas de montanha. Em segundo lugar, inspirou-se nas Air Max Light 3, escolhendo alguns elementos do seu design, como por exemplo o sistema de cordões. Por fim, juntou a câmara de ar das Air Max 270. E assim surgiram estas Nike Bowfin tão vistosas.

Nike Air Max 270 Bowfin cinzentas@cedric_castex
Nike Air Max 270 Bowfin on feet@cedric_castex

Voltar à cronologia.

Nike React Element 55 (2018)

Depois de utilizar a tecnologia React nas sapatilhas de Running, a marca desportiva começou a colocá-la em calçado de estilo urbano. Um dos primeiros modelos desta linha a ser lançado foi o das Nike Element 55..

Nike React Element 55 on feet
React Element 55 em cinzento claro

Voltar à cronologia.

Nike Air Max Dia (2018)

A Nike reuniu várias mulheres para criar um modelo exclusivo para as mulheres. As Air Max Dia contam com vários detalhes interessantes e a explicação por detrás do seu design é fascinante. Estas sapatilhas estiveram a cargo de uma designer, uma engenheira, uma programadora e uma Product Manager. Desta simbiose nasceu este modelo incrível que combina um design elegante com o conforto de uma câmara de ar o mais alta possível.

Voltar à cronologia.

Nike Zoom 2K (2018)

Uma das últimas bombas de 2018 foram as sapatilhas Nike Zoom 2K com um design mais clássico. Algumas das suas referências foram o calçado de basquetebol que se usava nos 90 e o começo do milénio. Sem dúvida, a Nike deu uma reviravolta a este modelo para que se tornassem numas sapatilhas de lifestyle com um toque de retro Running. Combinação de sucesso! Contam com detalhes interessantes como as letras nos ilhós dos cordões ou o selo ZM AIR. Inicialmente, as Zoom 2K saíram só com tamanhos de mulher, mas pouco tempo depois a Nike decidiu lançá-las em versão para homem.

Nike Zoom 2K brancas com detalhes vermelhos
Zoom 2K em cinzento e preto

Voltar à cronologia.

Nike Air Max 720 (2019)

Uma das propostas mais futurísticas da Nike. Quase parece que vieram diretamente do espaço. A câmara de ar volta a crescer e chega a limites inesperados para potenciar ao máximo o amortecimento. As primeiras cores deste modelo inspiraram-se nos momentos da natureza, como o amanhecer ou um eclipse.

Air Max 720 brancas
Nike Air Max 720 on feet

Voltar à cronologia.

Nike Air More Uptempo 720 (2019)

2019, para além de ser o ano em que se lançaram as Air Max 720, foi o ano em que a Nike decidiu recuperar a silhueta das More Uptempo com novas cores. Por isso, não havia momento mais perfeito para criar um híbrido entre as duas sapatilhas. Estética dos anos 90 com tecnologia do futuro. O que mais chama a atenção neste modelo é, sem dúvida, o lettering AIR MAX em grande nas laterais de cada sapatilha.

Voltar à cronologia.

Nike P-6000 (2019)

As Nike P-6000 parece que vieram directamente de outra época, mas foram lançadas em 2019. O seu design é claramente inspirado no retro Running e tomou como referência o estilo do começo do milénio. As Pegasus 25 e as Pegasus 2006 são algumas das suas influências. A sua estética também recorda, em alguns detalhes, as Nike Vomero 5. Mas, as P-6000 contam com a sua própria personalidade e destacam-se, sobretudo, pelas linhas das laterais que se ligam aos cordões. As zonas de tecido transpirável e os tons metalizados dão-lhe o toque sport definitivo.

Nike P-6000 douradas@mizzbatti
Nike P-6000 on feet

Voltar à cronologia.

Nike Air Max 270 React (2019)

Sem dúvida que este foi um ano de experiências e inovação. A fusão entre as tecnologias Air e React foi colocada em cima da mesa, sendo adicionada a silhueta das 270. O resultado? Não podia ser melhor!

Nike Air Max 270 React para crianças
Air Max 270 React Bauhaus

Voltar à cronologia.

Nike Air Max 200 (2019)

Podemos dizer que as Nike 200 se converteram num clássico moderno. É um dos melhores tributos à origem e evolução da coleção Air Max. O seu design conta com várias formas e ondulações inspiradas na energia natural produzida pelo nosso planeta. As explosões de lava nos vulcões, as correntes de ar e as ondas do mar!

Air Max 200 em preto e dourado
Nike Air Max 200 brancas

Voltar à cronologia.

Nike Joyride (2019)

A inovação da Nike volta a surpreender. Em 2019 apresentou a tecnologia Joyride focada no desporto. Conta com uma série de mini-esferas na entressola que se expandem de forma natural ao caminhar ou ao correr. As Nike Joyride adaptam-se aos teus passos para absorver facilmente cada impacto. O primeiro modelo a utilizar esta tecnologia foi o Joyride Run Flyknit com um aspeto futurístico e perfeito para correr. Depois, seguiram-se as Joyride CC com um look mais arrojado e alternativo para os que seguem a moda streetwear.

Nike Joyride CC
Nike Joyride Run

Voltar à cronologia.

Nike Signal D/MS/X (2019)

Com as Signal D/MS/X, a Nike procurava, mais uma vez, a ligação entre o passado e o futuro. Esta proposta não podia ser mais supreendente: uma das suas fontes de inspiração foi o mundo dos motores, do desmantelamento dos automóveis até ao tunning de carros e motos. Linhas estéticas arrojadas e marcadas, detalhes translúcidos, partes textêis e uma sola que chama a atenção. Já agora, a parte «D/MS/X» do nome das Nike Signal é pronunciado como «DIMSIX».

Nike Signal Dimsix on feet@nikkivantoorn
Nike Signal D/MS/X

Voltar à cronologia.

Nike RYZ 365 (2019)

As Nike RYZ 365 foram apresentadas como as herdeiras do estilo chunky introduzido pelas M2K Tekno. O seu design combina a moda atual com um feminismo muito urbano. Silhuetas onduladas, formas geométricas e zonas ocas fazem com que estas sapatilhas sejam únicas.

Nike RYZ 365 brancas com saia@rosebellelife
Nike RYZ 365 on feet

Voltar à cronologia.

Nike Ghostswift (2019)

A linha D/MS/X, também conhecida como Dimension Six, conta com várias versões fora do habitual e que quebram as normas. Por exemplo, o design das GhostSwift surpreende por ser tão arrojado. Para esta silhueta, as sapatilhas Ghost Racer e Swift Triax foram tidas como referência. Por isso, o seu nome é uma combinação de ambas. Para o resto do design, a cultura rave dos anos 90 em Londres foi a inspiração.

Voltar à cronologia.

Nike MX 720-818 (2019)

Na Nike voltaram a misturar o passado com o futuro, fundindo duas das suas sapatilhas. Estes sneakers têm como base as Air Max 720, mas com um design e materiais inspirados nos fatos espaciais. Além disso, remodelaram a parte superior para homenagear as Air Max 98. Isso nota-se especialmente nas ondulações laterais e na localização do Swoosh na biqueira. As Nike MX 720-818 significam um passo em frente na moda streetwear.

Nike MX 720-818
Nike Air Max 720-818 em várias cores

Voltar à cronologia.

Nike Vista Lite (2020)

O ano novo chegou e com ele vieram os propósitos de ir ao ginásio ou fazer mais desporto. E foi exatamente nessa altura que foram lançadas as Vista Lite, umas sapatilhas para mulher com um design glamoroso. Pensadas para fazer exercício, mas sempre com o máximo de estilo. O seu design chama à atenção por causa das formas angulares, especialmente as da entressola. As Nike Vista Lite oferecem um bom amortecimento e contam com uma parte superior em tecido transparente que dá um toque único a qualquer outfit.

Dois modelos  das sapatilhas Nike Vista Lite
Nike Vista Lite na mão

Voltar à cronologia.

Nike Air Vapormax 360 (2020)

Depois do sucesso do modelo original das Vapormax Flyknit, da evolução do modelo 2019 e do combinado das Plus, a Nike criou outra silhueta para esta coleção. As VaporMax 360 são umas sapatilhas hibrídas que combinam a sola de câmaras de ar das Vapormax com a parte superior das AM360. Falamos-te mais sobre elas no nosso artigo especial sobre o seu lançamento.

Vapormax 360 on feet
Nike Vapormax 360 OG

Voltar à cronologia.

Nike Air Max Verona (2020)

Foi em 1992 que a Nike lançou as Air Verona, umas sapatilhas só para mulheres. Vários anos depois, a marca quis recuperar a essência destes sneakers, mas com um novo design. Assim chegaram as Air Max Verona, uma silhueta nunca antes vista e só disponível em tamanhos para mulher. Se queres saber mais sobre elas, podes ler mais no seu própio post.

Air Max Verona on feet
Nike Air Max Verona

Voltar à cronologia.

Nike Air Max 2090 (2020)

Todos os anos, no Air Max Day, a Nike aproveita para adicionar ao seu catálogo um novo modelo da coleção Air Max. As escolhidas para 2020 foram as AM2090. Na hora de as criar, as Am 90 foram a clara inspiração, mantendo alguns dos seus elementos e alterando outros para conseguir um look futurístico. Contamos-te mais sobre elas no artigo de lançamento das Nike Air Max 2090.

Air Max 2090 on feet
Nike Air Max 2090

Voltar à cronologia.

Nike Squash Type (2020)

As Nike Squash Type fazem parte da linha N.354 que joga com designs alternativos inspirados nos prótotipos das sapatilha. A sua referência são as Nike Mac Attack e contam com partes em pele e outras em malha respirável. Alguns elementos interessantes do seu design são: o contoro do Swoosh cozinho, o nome Nike invertido na entressola e o selo N.354 no tacão.

Voltar à cronologia.

Nike Air Max Exosense (2020)

No princípio, muitos pensaram que se tratavam de uma reintrepretação das Air Max 200 e também há quem veja uma inspiração nas Air Max Plus. No entanto, as Nike Exosense são umas sapatilhas completamente novas e chamam a atenção graças ao design tipo exoesqueleto, uma estrutura que fica em cima e contrasta com as cores abaixo. No tacão encontras uma câmara de ar visível que amortece os teus passos.

Voltar à cronologia.

Nike Juniper Trail (2020)

Desde o final de 2019 que tem sido dito que uma das tendências mais interessantes para 2020 seria o “trail running“, ou seja, calçado com um design inspirado nos desportos de montanha. A Nike também queria juntar-se a esta tendência com as Juniper Trail. Neste caso, são sapatilhas que podem ser usadas tanto nas tuas aventuras no meio da natureza como para dar um toque outdoor ao teu estilo urbano. A sola está preparada para correr em terrenos irregulares com pedras.

Voltar à cronologia.

Nike React Art3mis (2020)

Artemis é uma deusa da mitologia grega que representa a floresta, a vida selvagem, os animais. A Nike escolheu-a para nomear as suas novas sapatilhas, as React Art3mis. Esta silhueta está apenas disponível em tamanhos de mulher dentro da colecção React, e o seu aspecto segue os outros modelos da família, com uma parte superior com aspeto futurista e sem costuras e uma sola intermédia vistosa com excelente amortecimento.

Nike React Art3mis pretas
Sapatilhas Nike Art3mis

Voltar à cronologia.

Nike Air Max ZM950 (2020)

Em Agosto de 2020, as primeiras ZM950 foram apresentadas em colaboração com a marca Atmos. Esta silhueta junta-se à celebração do 25º aniversário das Air Max 95 e apresenta, portanto, algumas semelhanças. Também tem toques das 97, especialmente na repetição de linhas onduladas. Estes sneakers são suportados por uma sola intermédia espessa de EVA com uma câmara de ar com o mesmo estilo que a tecnologia 270 e ainda contam com tecnologia Zoom na parte frontal da sola. Também muito marcante é o arco que reforça a área central.

Voltar à cronologia.

Nike Air Max Zephyr (2020)

A Nike continua a ousar e guardou as novas Zephyr para o final de 2020. Para além do seu aspecto ultra-futurista, estas sapatilhas apresentam uma inovação chave. Pela primeira vez, o tubo interior da Nike é movido para o topo, para a parte superior. Podes vê-lo tanto nas laterais como na língua. Naturalmente, existe também uma caixa de ar na entressola, que segue o mesmo desenho que as Air Max 720.

Nike Air Max Zephyr on feet
Zapatillas Nike Air Max Zephyr on feet

Voltar à cronologia

Nike Crater Impact (2021)

Dando seguimento à iniciativa Move to Zero, a Nike lançou as Crater Impact, que representam um passo mais no caminho da marca rumo a um futuro neutro em carbono e com zero desperdício. Transformando lixo em sapatilhas, as Crater Impact são fabricadas com pelo menos 25% de materiais reciclados tendo em conta o peso – e também são fabricadas com processos mais eficientes!

Há imensa informação interessante sobre as Crater Impact pelo que te recomendamos que leias o post que escrevemos sobre as mesmas.

Nike crater impact on feet
sapatilhas Nike crater impact on feet

Voltar à cronologia.

Nike Air Max Genome (2021)

Foram apresentadas durante o Air Max Day 2021, uma data muito especial para a Nike. O estilo é simples, muito desportivo e com uma evidente inspiração nas sapatilhas do início dos anos 2000. Foi considerado o nome «DNA» mas a marca norte-americana acabou por optar por «Genome», outro termo também ligado à genética. Contamos-te tudo sobre este desenho no artigo escrito a propósito do lançamento das Air Max Genome.

Nike air max genome on feet
sapatilhas Nike air max genome on feet

Voltar à cronologia.

Nike Zoom Air Fire (2021)

O que mais chama à atenção nas Zoom Air Fire é a variedade de sobreposições e texturas do seu desenho. Têm uma estética que combina as sapatilhas chunky com o estilo running que era tendência na primeira década dos anos 2000. Um dos pontos que mais se destaca é o tecido que cobre a parte superior, uma vez que os diversos orifícios são tendencialmente grandes, de forma a permitir uma melhor respiração. Já há, inclusive, quem as compare com as Spiridon Cage precisamente por essa razão.

Tal como indica o nome, as Nike Zoom Air Fire têm também um sistema de amortecimento Air Zoom, no calcanhar.

Voltar à cronologia.

O futuro da Nike

Mas a Nike nãos e vai ficar por aqui… Vai continuar a apresentar novos modelos de sapatilhas ou a recuperar silhuetas clássicas dos arquivos. E quando isso acontecer, vamos atualizar esta timeline para que estejas sempre a par de tudo.

Se gostaste deste artigo, fica atento ao blog da JD Sports Portugal, porque vamos continuar a viajar no tempo para te trazer mais cronologias de sneakers ao longo das décadas.

Share

WHAT TO READ NEXT

SNEAKERS l Editor

Diferenças entre Air Jordan 1 e Nike Dunk

Mais de 35 anos depois, a <...

-->

SNEAKERS l Editor

Hoodrich, a marca de que todos falam

Já ouviste falar da Hoodrich? Se a...

-->

SNEAKERS l Editor

Descobre as PUMA Suede Mayu com a Dua Lipa

Estás à procura de um novo par de...

-->

SNEAKERS l Editor

Nike Air VaporMax: Lista de todos os modelos

Algumas pessoas gostam do mês de M...

-->

SNEAKERS l Editor

Diferenças entre as Nike Air Force 1 e as '07 LV8

Quando fores comprar umas sapatilha...

-->

SNEAKERS l Editor

Lançamento: YEEZY BOOST 700 MNVN HONEYFLUX

Conseguiram mais uma vez! Depois da...

-->