Todas as sapatilhas Jordan da história

Quando se trata de basquetebol, há duas coisas que imediatamente nos vêm à cabeça: Michael Jordan e a marca com o seu nome. De facto, é quase impossível ver um jogo da NBA sem que alguém não calce umas sapatilhas ou vista um equipamento da Jordan. E isto já pra não falar na malta das bancadas, que também veste e calça a marca com orgulho!

Por tal razão, aproveitamos para criar este artigo especial sobre a marca Jordan e as suas sapatilhas, para que possas ficar a conhecer melhor a história, os pormenores e a evolução de cada uma delas.

Lista de todos os modelos da Jordan

Desde o primeiro modelo que as Jordan causaram furor, tanto entre os amantes do basket como entre os aficionados da moda urbana. Nesta lista encontrarás todos os modelos de sapatilhas de basket da Jordan. A nossa timeline começa em 1985 com o primeiro modelo, e continua com todos os modelos que foram calçados pelo Michael Jordan quando o mesmo jogava basket, assim como com os modelos que foram lançados a posteriori, mesmo depois de a estrela dos Chicago Bulls ter pendurado as botas.

Preparados para uma viagem no tempo? Aqui estão todas as sapatilhas Jordan Retro e a sua evolução com o passar dos anos.

1985-1989
1985 ABRIL

Air Jordan I

Air Jordan 1 White / Black - Red

O primeiro modelo da coleção e seguramente o mais popular. Foram apelidadas de “Notorious” e converteram o Michael Jordan no “Rookie of the Year”.

Ler mais Comprar


1986 NOVEMBRO

Air Jordan II

Air Jordan II White / Red

Foram fabricadas em itália e, por isso, foram apelidadas de “Italian Stallion”. O sucesso das AJ1 eclipsou, de certa forma, este segundo modelo.

Ler mais


1988 JANEIRO

Air Jordan III

Air Jordan White / Cement Grey

O primeiro modelo a contar com o logo Jumpman, recebeu o slogan “Gotta Be the Shoes”. Foram endossadas no filme do Spike Lee “She’s Gotta Have It”.

Ler mais


1989 FEVEREIRO

Air Jordan IV

Air Jordan IV Black / Cement Grey

“Taking flight”. As AJ4 foram o modelo que converteram as Jordan num dos ícones do streetwear. Apareceram no filme do Spike Lee “Do The Right Thing”.

Ler mais


1990-1999

1990 FEVEREIRO

Air Jordan V

Air Jordan V white/fire red black

“The Fighter”. Inspiradas na forma como o Michael Jordan jogava, numa das suas melhores épocas.

Ler mais Comprar

1991

Air Jordan VI

Air Jordan VI white / Infrared - Black

“Promised Land”. Foram as sapatilhas usadas pelo Michael Jordan durante a vitória do campeonato da NBA desse mesmo ano.

Ler mais

1992

Air Jordan VII

Air Jordan VII Cardinal White / Black – Cardinal Red

“Pure Gold” foi o nome informal destas sapatilhas. Tudo graças à medalha de ouro da seleção norte-americana, conseguida nos Jogos Olímpicos de Barcelona em 1992.

Ler mais


1993

Air Jordan VIII

Air Jordan VIII White / Black – True Red

“Strap in” celebravam a terceira vitória consecutiva na NBA. Uma das cores mais famosas é a Aqua Tone.

Ler mais


1993

Air Jordan IX

Air Jordan IX White / Black Dark Powder Blue

“Perfect Harmony”. Surgiram em tom de homenagem ao Jordan, após o anúncio de que iria pendurar as botas.

Ler mais


1994/95

Air Jordan X

Air Jordan X White / Black – Light Steel Grey

“The Legacy Continues”. Jordan envia um fax aos Chicago Bulls com a mensagem “I’m back” (Estou de volta).

Ler mais


1995

Air Jordan XI

Air Jordan XI White / Black – Dark Concord

“Class Act”. As AJ11 celebram o regresso do GOAT aos campos de basquetebol.

Ler mais


1996 NOVEMBRO

Air-Jordan XII

Air Jordan XII White / Black - Taxi

“The Dinasty Continues”. Um dos modelos mais resistentes da coleção. Pudemos vê-las no famoso jogo ‘Flu Game’.

Ler mais


1997 NOVEMBRO

Air Jordan XIII

Air Jordan XIII Black / True Red

Também conhecidas como “Black Cat Pounces”, pela alcunha de “Black Cat” dada ao Jordan, pela sua destreza e habilidade dentro de campo.

Ler mais


1998 OUTUBRO

Air Jordan XIV

Air Jordan XIV Black / Black / Varsity Red

“Race Ready”. O desenho destas sapatilhas inspirou-se no Ferrari 550 M do Jordan. Estão adornadas com um total de 14 logos Jumpman.

Ler mais


1999 DEZEMBRO

Air Jordan XV

Air Jordan XV Flint Grey / White

“Speed of Sound”. Representa o 13º modelo consecutivo desenhado pelo Tinker Hatfield. Foram concebidas aquando o segundo aposentamento do Michael Jordan.

Ler mais


2001-2009

2001 FEVEREIRO

Air Jordan XVI

Air Jordan XVI Black / Varsity Red

“Marching On”. Desenhadas pelo Wilson Smith III, iniciaram uma nova etapa na coleção de sapatilhas Jordan.

Ler mais

2002 FEVEREIRO

Air Jordan XVII

Air Jordan XVII White / College Blue - Black

“Jazzed Up”. É uma das silhuetas mais caras da marca, uma vez que se venderam numa caixa metálica, juntamente com um CD-ROM.

Ler mais

2003 FEVEREIRO

Air Jordan XVIII

Air Jordan XVIII Black / Sport Royal

“Last Dance”. Marcaram o final definitivo da carreira do Michael Jordan enquanto jogador de basquetebol.

Ler mais

2004 MARÇO

Air Jordan XIX

Air Jordan XIX White / Varsity Red – Metallic Silver

“Full Flex”, o nome dado a estas sapatilhas, que introduziram a tecnologia Tech-Flex.

Ler mais

2005 FEVEREIRO

Air Jordan XX

White / Black – Varsity Red

”Living Greatness”. Umas sapatilhas que celebravam a vida do Michael Jordan.

Ler mais

2006 JANEIRO

Air Jordan XXI

Air Jordan XXI White / Varsity Red – Metallic Silver

”Performance Luxury DNA”. Um dos modelos mais luxuosos da marca, feito com materiais de gama alta.

Ler mais

2007 JANEIRO

Air Jordan XX2

Air Jordan XX2 White – Metallic Silver – Varsity Red

”Hit the Afterburners”. Um modelo construído com algumas inserções de titânio.

Ler mais

2008 FEVEREIRO

Air Jordan XX3

Air Jordan XX3 Black / Varsity Red - Stealth

”The Number of Greatness”. Têm como acabamento a impressão digital do Michael Jordan, na língua.

Ler mais

2009 JANEIRO

Air Jordan 2009

Air Jordan 2009 White / Metallic Silver

”Beyond”. A marca deixa de lado a numeração e dão, pela primeira vez, um nome a uma das sapatilhas. No caso, o ano em que foram lançadas

Ler mais

2010-2019

2010 FEVEREIRO

Air Jordan 2010

Air Jordan 2010 Black / Varsity Red - White

”Full Speed Ahead”. Foram criadas com o intuito de melhorar o tempo de resposta. Contam com pormenores transparentes de TPU.

Ler mais

2011 FEVEREIRO

Air Jordan 2011

Air Jordan 2011 White / Black - Anthracite

”Be explosive. Be quick”. Duas entressolas intercambiáveis, como um novo elemento sobre os courts de basquetebol.

Ler mais

2012 FEVEREIRO

Air Jordan 2012

Air Jordan 2012 White / Black – Varsity Red

”Choose your Flight”. Língua e forro intercambiáveis, com 3 opções à escolha.

Ler mais

2013 FEVEREIRO

Air Jordan XX8

Air Jordan XX8 Gym Red / White

”Dare to Fly”. A Jordan volta a recuperar a numeração clássica da marca para dar nome às suas sapatilhas. É um dos modelos mais arrojados da marca

Ler mais

2014 SETEMBRO

Air Jordan XX9

Black / White – Gym Red

”Tailored for Flight”. É o primeiro modelo da marca com uma parte superior em têxtil.

Ler mais

2016 FEVEREIRO

Air Jordan XXX

Air Jordan XXX White / Black Wolf Grey

”Otherwordly talents”. É o modelo número 30 da linha principal de sapatilhas da Jordan. Para destacar o feito, o desenho das sapatilhas conta com o número 30 em numeração romana (XXX), como elemento decorativo.

Ler mais

2016 AGOSTO

Air Jordan XXXI

Air Jordan XXXI Black / University Red - White

”Anti-Gravity Machines”. São um reboot das Air Jordan 1, uma reinterpretação do primeiro modelo da marca.

Ler mais

2017 OUTUBRO

Air Jordan XXXII

Air Jordan XXXII Black / University Red

Outra reinterpretação, neste caso, das AJ2. Foram colocadas à venda com dois modelos: High e Low.

Ler mais

2018 SETEMBRO

Air Jordan XXXIII

Air Jordan XXXIII

Uma nova versão baseada nas AJ3.

Ler mais

2019 SETEMBRO

Air Jordan XXXIV

Air Jordan XXXIV Blue Void / Metallic Silver – Green Glow - Black

”Exercise in reductive design”. Reduziu-se o peso ao mínimo possível para conseguir um dos modelos mais leves da marca.

Ler mais

2020

2020 NOVEMBRO

Air Jordan 35 DNA

Air Jordan 35 DNA

Uma homenagem às cores clássicas das Jordan 5, daí o nome de DNA.

Ler mais



Air Jordan I (1985)

Peter Moore foi responsável pelo desenho destas sapatilhas, sendo que foram postas à venda por 65$. O mais interessante acerca destas Jordan não é tanto a questão técnica, mas a sua história. Reza a lenda que foram proibidas na NBA. De facto, já antes se tinha sancionado o uso de sapatilhas similares, com cor preta e vermelha, por irem contra as normativas relativa à indumentária. Caso essas mesmas regras fossem quebradas, havia direito a uma multa de 5000$! E o que é que a Nike fez? Exatamente! Pagou as multas e continuou a apostar nas suas sapatilhas. O Michael Jordan acabou por jogar toda a época com as AJ1, dissessem o que dissessem.

Air Jordan I ad
Air Jordan I on feet

Voltar à cronologia.

Air Jordan II (1986)

As Jordan subiram de preço no seu segundo modelo, que passaram a custar 100$. As AJ2 foram desenhadas de forma conjunta entre Peter Moore e Bruce Kilgore. Pode dizer-se que estas sapatilhas abriram caminho para aquilo que viria a ser a coleção: materiais de alta qualidade, tecnologia de ponta e um desenho elegante. Seria, no entanto, a última vez que estes designers, que estavam também por trás das Air Force 1, trabalhariam juntos. Foram fabricadas em Itália e, desta vez, não contaram com o logo Swoosh da Nike, algo que se manteve nos modelos seguintes. No anúncio das Air Jordan 2 podemos ver o MJ a caminhar pelo ar, sem qualquer esforço.

Dunk Michael Jordan with AJII
Air Jordan II Dunk Michael Jordan

Voltar à cronologia.

Air Jordan III (1988)

As primeiras de muitas sapatilhas que Tinker Hatfield viria a desenhar para a linha principal da Jordan. Michael Jordan gostou tanto deste modelo que Hatfield acabou por continuar a desenhar diversas Jordan. Aliás, desenhou 21 modelos diferentes! Depois da bem-sucedida época de 1988, Tinker Hatfield teve a ideia de incluir um novo logo, que atualmente conhecemos como Jumpman. Além do logo, as Jordan 3 também contaram, pela primeira vez, com o popular “elephant print”, um estampado inspirado na pele de elefante. O anúncio televisivo apostava num tom mais divertido e incluiu o personagem Mars Blackmon, que aparecia no filme She’s Gotta Have It, de Spike Lee.

Air Jordan III on feet
Air Jordan III on feet

Voltar à cronologia.

Air Jordan IV (1989)

Com este novo desenho de Tinker Hatfield, foi possível perceber que o sucesso que Michael Jordan e as suas sapatilhas estavam a ter se tinha alastrado. Já não se limitavam aos courts de basquetebol. Já estavam na rua e faziam agora parte da moda urbana. Uma das particularidades deste modelo é que permite atar os cordões de formas distintas. Além disso, foi a primeira vez que a marca fez um lançamento global. Novamente, Spike Lee utilizou as novas Jordan 4 num dos seus filmes, em “Do The Right Thing” .

Air Jordan IV Black
Air Jordan IV White

Tornal la cronologia.

Air Jordan V (1999)

Com um preço de lançamento de 125$, foi a Tinker Hatfield que a Jordan voltou a confiar as novas sapatilhas. Inspiraram-se no jogo do Michael Jordan, na forma como se movia dentro de campo. Chama à atenção os pormenores da entressola, que fazem lembrar os dentes de um tubarão, ou até a estética dos aviões de combate da II Guerra Mundial. Outro elemento interessante é a entressola de borracha transparente, que a Nike também tinha usado, nesse mesmo ano, nas sapatilhas que Marty McFly usava em “Regresso ao Futuro II” .

Air Jordan V White
Air Jordan V White

Voltar à cronologia.

Air Jordan VI (1991)

Michael Jordan ganhou a sua primeira NBA na época de 1990/91, calçado as Air Jordan VI. Hatfield explicou que a estética foi inspirada pelos carros desportivos do MJ. As Jordan 6 foram as primeiras a ter uma biqueira reforçada e uma tira no calcanhar, para poderem ser calçadas mais facilmente.

Air Jordan VI Sketch
Air Jordan VI on hardwood

Voltar à cronologia.

Air Jordan VII (1992)

Depois da vitória dos Bulls na NBA, o próximo feito que o MJ conseguiu foi o ouro nos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992. As Air Jordan 7 fizeram parte da “Dream Team”. O modelo original conta com o número 23, que é o dorsal do Jordan com os Bulls. No entanto, também foi criada outra versão, com o número 9, uma vez que era esse o dorsal do MJ na seleção de basquetebol dos EUA. No anúncio televisivo vemos o Bugs Bunny a celebrar a colaboração com o famoso filme “Space Jam”.

Air Jordan VII
AJVII Space Jam Bugs Bunny & Michael Jordan

Voltar à cronologia.

Air Jordan VIII (1993)

As AJ8 foram lançadas no mesmo ano em que os Chicago Bulls se converteram numa lenda ao ganhar a NBA pelo terceiro ano consecutivo. MJ liderava também a classificação pelo 7º ano consecutivo, um novo recorde. Este modelo, também de Hatfield, é o único que conta com cintas cruzadas, por cima dos atacadores. A cor Aqua converteu-se num marco do streetwear dos anos 90.

Air Jordan VIII Sketch
Air Jordan VIII flat shot

Voltar à cronologia.

Air Jordan IX (1993)

Saíram no mesmo ano em que o Michael Jordan anunciou a saída da NBA. Uma das principais razões pelas quais tomou tal decisão foi o assassinato do pai, James R. Jordan Sr. Ainda que MJ já estivesse longe dos campos de basquetebol, a marca continuou a lançar sapatilhas com bastante sucesso. Este modelo prestava homenagem às diferentes culturas, uma vez que existiam admiradores do Michael Jordan nos 4 cantos do mundo. As Jordan 9 marcaram a globalização da marca.

AJ IX Sketch
Air Jordan IX on Michael Jordan

Voltar à cronologia.

Air Jordan X (1994/95)

Ninguém sabia bem o que se viria a passar, até porque Michael Jordan tinha começado a jogar basebol depois de se aposentar da NBA. Por essa mesma razão, a Nike quis, com o desenho das AJ10, prestar uma homenagem à carreira do MJ. No entanto, a carreira do MJ no basebol não durou muito, sendo que pouco depois, enviou um fax com a famosa mensagem de duas palavras: “I’m back”. E, nesse mesmo ano, calçou as AJ10.

ALT TEXT LEFT
ALT TEXT RIGHT

Voltar à cronologia.

Air Jordan XI (1995)

O regresso do GOAT foi um grande acontecimento sendo que viria a ter nesse mesmo ano uma das melhores épocas da sua incrível carreira. Tinker Hatfield queria que as novas sapatilhas, as Jordan 11, representassem bem a técnica, o rendimento e a aerodinâmica de MJ. Deste modo, decidiram acrescentar uma camada de couro brilhante às sapatilhas, algo que nunca se tinha feito na coleção. As sapatilhas também apareceram no famoso filme Space Jam.

Air Jordan XI Space Jam
Air Jordan XI White / Black - Concord

Voltar à cronologia.

Air Jordan XII (1996)

O preço de lançamento volta a subir para os 135$. As AJ12 foram calçadas pelo Michael Jordan no seu famoso “Flu Game”, um jogo em que marcou 38 pontos, mesmo tendo jogado com febre, depois de ter passado mal a noite. É um dos modelos mais resistentes da coleção. Hatfield inspirou-se na versão Nisshoki da bandeira japonesa. Efetivamente, e se prestarmos atenção às laterais, é possível ver detalhes que fazem lembrar raios de sol.

Air Jordan XII on hardwood
AJ XII on hardwood

Voltar à cronologia.

Air Jordan XIII (1997)

O preço voltou a subir novamente, para os 150$. Foram também desenhadas por Tinker Hatfield. Michael Jordan tinha na altura uma série de alcunhas. Air Jordan, His Airnes, The GOAT, Jumpman e mesmo “Black Cat”. Foi esta última alcunha que serviu de inspiração para criar as AJ13. Prestam homenagem à destreza do jogador, que se movia dentro de campo como uma verdadeira pantera. A própria sola das AJ13 faz lembrar a pata deste felino. A isto, Hatfield acrescentou ainda a uma esfera com o número 23.

AJXIII black cat
Air Jordan XIII sketch

Voltar à cronologia.

Air Jordan XIV (1988)

Quando Tinker Hatfield entregou o protótipo das AJ14 ao MJ, pediu-lhe não só que não mostrasse a ninguém como que também não as usasse. O pedido caiu em saco roto. MJ gostou tanto das sapatilhas que as calçou na final contra os Utah Jazz, jogo em que marcou o seu popular “Last Shot” e ganhou o último título da NBA para os Chicago Bulls. A silhueta inspirou-se no Ferrari 550 M, um dos carros desportivos de Michael Jordan. O desenho conta com 7 logos Jumpman, 14 no total, se incluirmos ambas as sapatilhas.

Michael Jordan Dunk with Air Jordan XIV

Voltar à cronologia.

Air Jordan XV (1999)

Michael Jordan aposenta-se pela segunda vez no final da época de 1997/98. As Jordan 15 são as primeiras sapatilhas que o jogador não calça dentro de campo. No spot publicitário é possível ver MJ com uma faceta de empresário, e apresentam-se outros jogadores que prometiam ser gigantes, como o Derek Jeter ou o Ray Allen. Estas foram as 13ªs Jordan desenhadas por Tinker Hatfield, as últimas desenhadas por ele, até ter voltado a trabalhar na coleção com as AJXX. As Jordan XV tinham uma parte superior em Kevlar

Air Jordan XV white and grey
Air Jordan XV on hardwood

Voltar à cronologia.

Air Jordan XVI (2001)

Pela primeira vez em 10 anos as sapatilhas Jordan tinham um novo designer. O trabalho ficou a cargo de Wilson Smith III, que queria simbolizar a mudança de MJ, que era agora presidente dos Washington Wizards. Contam com uma parte removível para que as sapatilhas funcionassem não só dentro de campo como fora dele. É nesta mesma época que começam a surgir rumores de que Jordan voltaria a jogar, ainda que desta vez pelos Wizards.

Air Jordan XVI sketch
Air Jordan XVI black

Voltar à cronologia.

Air Jordan XVII (2002)

Wilson Smith III desenhou também as Jordan 17, que se inspiraram nos carros desportivos do MJ, sobretudo no seu Aston Martin. As notas musicais mostram a paixão do jogador pela música Jazz, que se pode ouvir no spot publicitário. Estas sapatilhas converteram-se nas mais caras até à data, com um preço de 200$, devido à forma como eram vendidas. Com uma caixa metálica e um CD-ROM.

Air Jordan XVII on hardwood
Air Jordan XVII Packaging

Voltar à cronologia.

Air Jordan XVIII (2003)

Uma vez mais, os carros desportivos que tanto agradavam ao GOAT serviram de inspiração. Desta vez, o desenho das Jordan ficou a cargo de Tate Kuerbis. O calcanhar com borracha faz lembrar as sapatilhas usadas no desporto motorizado, sendo que a costura é uma homenagem à elegância do calçado italiano. Estas sapatilhas eram vendidas com uma caixa que incluía uma escova, uma toalha e um manual de instruções.

Air Jordan XVIII Packaging
Air Jordan XVIII black

Voltar à cronologia..

Air Jordan XIX (2004)

A Jordan voltou a confiar a Tate Kuerbis o desenho do 19º modelo. Desta vez queria ir mais além, apostando num desenho arrojado. Viriam a apresentar a tecnologia Tech-Flex, pela primeira vz aplicada ao calçado de basquetebol. Este modelo tem como referência as serpentes venenosas africanas, sendo que a parte superior faz mesmo lembrar a pele destes répteis

Air Jordan XIX black and white
Air Jordan XIX red and white

Voltar à cronologia.

Air Jordan XX (2005)

As Jordan 20 marcam o regresso de Tinker Hatfield, que desenhou estas sapatilhas em colaboração com Mark Smith, expert em laser da Nike. Conseguiram gravar mais de 200 ícones nas sapatilhas. Um detalhe interessante são os 69 pequenos furos, que representam a pontuação mais alta do jogador, num jogo contra os Cleveland Cavaliers. Novamente, o GOAT protagonizou o spot publicitário de lançamento.

Air Jordan XX Details
Air Jordan XX black and white

Voltar à cronologia.

Air Jordan XXI (2006)

D’Wayne Edwards junta-se à Jordan para desenhar o modelo 21. É um dos mais luxuosos da coleção. Tem um desenho minimalista que se destaca por pormenores e pela qualidade dos materiais utilizados. Tem uma parte superior em couro e um interior almofadado. Nas laterais, o número 23. Dito isto, o mais interessante deste modelo é a mensagem oculta, com a palavra “AUTHENTIC”, que aparece quando se colocam as sapatilhas sob luz ultravioleta. No anúncio deste modelo vemos jovens jogadores, recreando alguns dos movimentos e jogadas mais emblemáticas de Michael Jordan.

Air Jordan XXI white / Black - Red

Voltar à cronologia.

Air Jordan XX2 (2007)

D’Wayne Edwards volta a desenhar as novas sapatilhas, que desta vez são colocadas à venda com um preço de 175$. São umas sapatilhas prontas para a guerra! Inspiraram-se no F-22 Raptor Strike Fighter e contam com uma placa de titânio entre a entressola e a sola.

Air Jordan XX2 details
Air Jordan XX2 Joe Johnson

Voltar à cronologia.

Air Jordan XX3 (2008)

Tinker Hatfield e Mark Smith voltam a unir forças para criar as Jordan XX3 (ou 23), um número especial, uma vez que era o dorsal utilizado por Michael Jordan nos Chicago Bulls. Assim sendo, as sapatilhas tinham também de ser especiais. Incorporaram nas mesmas a impressão digital do próprio MJ, na língua e na sola. As costuras laterais fazem lembrar a representação do código genético e a biqueira conta com a assinatura de Jordan. As XX3 são também as primeiras sapatilhas sustentáveis de basquetebol, seguindo os princípios da Nike Considered Design. No anúncio fala-se sobre o feito que foi converter-se numa lenda e que a chave não está tanto nas sapatilhas, mas sim no que somos e no que com elas se faz.

AAir Jordan XX3 details
Air Jordan XX3 sides on hardwood

Voltar à cronologia.

Air Jordan 2009 (2009)

Jason Mayden ficou à frente do desenho das Jordan 2009, as primeiras que substituíram a clássica numeração da marca, que agora recebeu um novo nome. Este modelo pretendia representar o trabalho defensivo de Michael Jordan, um aspeto ao qual nunca se deu a devida importância. As sapatilhas têm detalhes em seda e receberam a tecnologia Articulate Propulsion, usadas pela primeira vez em sapatilhas de basquetebol, sendo que até então era usada exclusivamente nas próteses dos atletas paralímpicos.

Air Jordan 2009 white - black

Voltar à cronologia.

Air Jordan 2010 (2010)

Tinker Hatfield volta a trabalhar no desenho das Jordan. Baseou-se na capacidade de MJ identificar os pontos débeis dos seus adversários. No desenho da Jordan 2010 encontramos diversas inserções em TPU transparente, que simbolizam esta capacidade que MJ tinha de ver muito além da aparência. A entressola esconde uma citação de Michael Jordan que, traduzida ao português, seria algo como “Fracassei diversas vezes ao longo da minha vida. Foi essa a razão pela qual tive sucesso”. No anúncio aparece Dwayne Wade como o pior pesadelo de qualquer rival.

Air Jordan 2010 details
Advertising Air Jordan 2010 Dwayne Wade

Voltar à cronologia.

Air Jordan 2011 (2011)

Foi com as Jordan 2011 que a Nike aplicou o serviço NIKEiD, pela primeira vez, numas sapatilhas de basquetebol. A cargo do desenho ficaram Tinker Hatfield e Tom Luedecke. A peculiaridade deste modelo está na sola exterior, que pode ser trocada. Um desempenho personalizado, à tua medida. Por exemplo, a sola azul foi pensada para quem procura maior agilidade e velocidade, sendo que a sola vermelha foi concebida para jogadas explosivas, com uma amortização extra.

Air Jordan 2011 Box and interchangeable midsole
Air Jordan 2011 Quick Midsole

Voltar à cronologia.

Air Jordan 2012 (2012)

Depois de as Jordan anteriores terem sido bem recebidas, Tinker Hatfield voltou a apostar na personalização das sapatilhas. Desta vez, as Jordan 2012 contaram com 3 solas distintas que, novamente, podiam ser mudadas.“One shoe, three flights”.Também há duas versões com partes superiores diferentes, dependendo do desporto desejado. Este seria o último modelo da Nike Jordan com o ano de lançamento como nome.

Air Jordan 2012 Box
Air Jordan 2012 interchangeable midsole and sockliner

Voltar à cronologia.

Air Jordan XX8 (2013)

As Jordan recuperam a numeração romana com as XX8, um modelo que custou 250$ aquando do seu lançamento. O desenho foi uma colaboração entre Tinker Hatfield e Josh Heard. São das sapatilhas mais luxuosas e atrevidas, daí que sejam também as mais caras da coleção. Contam com um fecho de correr e um número que se pode ler tanto como um 2 e um 3 ao mesmo tempo.

Air Jordan XX8 heel detail
Air Jordan XX8 white

Voltar à cronologia.

Air Jordan XX9 (2014)

Estas sapatilhas de 225$ também foram desenhadas por Tinker Hatfield. Era a primeira vez que se fazia uma parte superior só de têxtil e a inspiração veio dos alfaiates italianos. À semelhança do modelo anterior, contam com a tecnologia Flight Plate. As Jordan 29 foram patrocinadas pela Maya Moore, convertendo-se na primeira mulher a protagonizar um anúncio da Jordan.

Maya moore with Air Jordan XX9
Air Jordan XX9 Fusion Pink / Tropical Teal - Black - White

Voltar à cronologia.

Air Jordan XXX (2016)

Tinker Hatfield e Mark Smith voltam a juntar-se para criar um modelo especial da Jordan, o número 30. A inspiração do desenho veio de uma fotografia de Michael Jordan, prestes a encestar. Ao serem um número tão especial, o XXX aparece várias vezes como adorno nas sapatilhas. Para prestar homenagem às razies de MJ, na língua aparece o mapa de África e da América do Norte.

Air Jordan XXX Tongue detail Africa Map
Air Jordan XXX White / Black - University Blue

Voltar à cronologia.

Air Jordan XXXI (2016)

Tate Kuerbis junta-se à família Air Jordan para criar as sapatilhas número 31. É uma espécie de reboot das AJ1, uma nova versão, uma reinterpretação do clássico que começou esta coleção. Foi a primeira vez que numa sapatilha se incluía ao mesmo tempo o logo Swoosh, o logo Jumpman, e as asas da Air Jordan. Para recordar também a famosa história de as AJ1 terem sido proibidas pela NBA, a sola das Jordan 31 incluem a palavra “BANNED”. Foram o modelo mais leve da coleção até ao momento

Air Jordan XXXI sketch
Air Jordan XXXI sole detail BANNED

Voltar à cronologia.

Air Jordan XXXII (2017)

Uma nova reinterpretação de Tate Kuerbis, desta vez, das Jordan 2, para celebrar os seus mais de 30 anos. O conforto e o desempenho eram a chave, pelo que decidiram incluir tecnologias de ponta como o Flyknit e o FlightSpeed. Pela primeira vez na história da Jordan, lançaram-se dois modelos de forma simultânea: a versão High e a Low.

Air Jordan XXXII Black / University Red

Voltar à cronologia.

Air Jordan XXXIII (2018)

Outro reboot de Tate Kuerbis. As Jordan 33 são uma nova versão das Jordan 3, ainda que com uma estética mais moderna. A língua é consideravelmente maior, dando também mais destaque ao logo Jumpman. Têm um sistema Nike FastFit de cordões, que oferece um aperto de 360º.

Air Jordan XXXIII Nike FastFit System
Air Jordan XXXIII White / Metallic Gold - Black

Voltar à cronologia.

Air Jordan XXXIV (2019)

O quarto modelo consecutivo de Tate Kuerbis chegou com um preço de 180$. As Jordan 34 são das sapatilhas mais leves que a marca fez até hoje. O desenho foi reduzido ao mínimo e foram descartados detalhes desnecessários. Contam com uma placa Eclipse para potenciar a amortização e os arranques explosivos.

Air Jordan XXXIV on Zion Williamson advertising
Air Jordan XXXIV White / University Red - Black

Voltar à cronologia.

Air Jordan 35 DNA

O quinto modelo consecutivo de Tate Kuerbis foi lançado com um preço de 180$. Kayson Tatum e Jeff Green tiveram a honra de as experimentar dentro de campo ainda antes do anúncio oficial. O desenho das Jordan 35 foi inspirado pelas Jordan 5, tendo recebido um estilo mais moderno, novos materiais, e tecnologia recente. Na parte superior contam com materiais sintéticos assim como pormenores em pele nobuk, algo que faz lembrar as AJ12. Relativamente à entressola, vem equipada com tecnologia Zoom Air e uma placa Eclipse 2.0 que chama bastante à atenção e melhora a amortização. Os pormenores iridescentes e translúcidos reforçam esta que é uma estética futurista e ultramoderna. A cor OG chama-se Black/White/Chile Red e é uma homenagem que as Jordan 35 prestam às AJ5.

Voltar à cronologia.

Air Jordan 35 Black / White / Chile Red
Air Jordan 35 Black / White / Chile Red

E chegamos ao fim! É certo que a Jordan continuará a lançar sapatilhas e, por isso, recomendamos que guardes este artigo nos favoritos, uma vez que o vamos atualizando à medida que saiam novas sapatilhas. Até lá, por não ver as timelines que fizemos sobre a Nike e sobre a Adidas?

Sapatilhas Roupa Jordan Acessórios

Algumas imagens pertecem a:
nike.com
pudding.cool/2018/09/jordans
sz9.es
packworld.com
trendhunter.com
Share

WHAT TO READ NEXT

SNEAKERS l Editor

Yeezy Boost 350 V2 Mono Mist: Onde e como comprar!

O verão está à porta e as YEEZY ...

-->

SNEAKERS l Editor

Cria a tua tendência com as Vans Old Skool

Se há uma umas sapatilhas que marc...

-->

SNEAKERS l Editor

Chinelos: os modelos imperdíveis deste verão

Winter Summer is coming. O v...

-->

SNEAKERS l Editor

História das Nike Dunk

Todos os seguidores da moda urbana ...

-->

SNEAKERS l Editor

Uma nova era: Nike Air Max Genome

Estação após estação, a -->

SNEAKERS l Editor

As sapatilhas e as diferentes tecnologias de amortecimento

Boost, Air, Gel, s...

-->