A tecnologia Nike Air e as suas câmaras de ar

Um pouco de história….

De todas as inovações da Nike, a tecnologia Air é a jóia da coroa. Desde que surgiu nas Nike Tailwind em 1978 que se tornou num símbolo da marca.

Esta tecnologia, desenvolvida por um antigo engenheiro da NASA, M. Frank Rudy, foi utilizada para criar capacetes espaciais para as missões Apollo. O Rudy desenhou uma entressola oca com sacos de poliuretano onde injetou gás denso, criando assim o Nike Air! Parece fácil, não é verdade? Ou nem por isso? Não te preocupes que nós te explicamos o que é a Air Tech e como funciona.
Sola com câmaras de ar nas sapatilhas Nike

 

Como funciona a Nike Air Technology?

Basicamente, é ar pressurizado injetado numa cápsula resistente e flexível. Consegue-se com uma técnica aeronáutica chamada “moldagem por sopro de borracha”, permitindo uma maior flexibilidade e elasticidade, respeitando totalmente a estrutura das sapatilhas.

Para garantir que o gás não sai das cápsulas, a Nike utiliza gases mais densos, incapazes de atravessar o poliuretano de que são feitas as cápsulos. No entanto, a cápsula permite a transferência de gases no seu interior, e por isso as câmara de ar estão sempre cheias. 

Cada unidade é colocada na entressola da sapatilha, nas diferentes partes onde seja necessário enfatizar o amortecimento. Normalmente, encontramos as cápsulas no calcanhar, que é a zona que mais precisa apoio e proteção extra contra impactos. E a verdade é que se nota, já que são tão cómodas que não as vais querer tirar!

Em cada passo,  o amortecimento Nike Air absorve os impactos e volta imediatamente à sua forma original para proteger as tuas articulações.

Sapatilha Nike Air Max com câmara de ar
Nike Air Max 97 brancas com câmara de ar

E quais são as vantagens?

Ao esvaziar a entressola e ao juntar as câmaras de ar, qualquer amante de sapatilhas pode notar que o amortecimento é simplesmente incrível, em todos os momentos. Além disso, também melhora o rendimento desportivo em diferentes âmbitos, visto que são mais leves e requerem menos energia!

Por outro lado, a versatilidade da tecnologia Air Tech também permite variar as aplicações do amortecimento, obtendo diferentes benefícios no rendimento. Por exemplo, as Air Force 1, contam com solas circulares e câmaras de ar encapsuladas no calcanhar para aumentar a capacidade de salto e conseguir aterragens mais suaves. Já as sapatilhas de corrida, como as Air Max 95 e as Air VaporMax, as câmaras de ar situadas no antepé e no calcanhar amortecem as zonas que mais pressão sofrem durante a corrida.

O amortecimento Air continua a surpreender com uma proteção e absorção de impactos brutal. Garante, assim, que os músculos, articulações e tendões não ficam tensos ou se magoam. Não tens que dar nem um segundo de tréguas com estas sapatilhas! O amortecimento volta logo a sua forma original, e, graças às propriedades do ar, é ilimitado e vai durar-te o mesmo tempo que as sapatilhas.

Sapatilha Nike Air VaporMax
Nike Air Max 1

Tipos de Air Tech

Não sabias que existem diferentes tipos de tecnologia Air Tech? Cada variante junta algo novo às sapatilhas. Max Air diz-te alguma coisa? É a mais conhecida tecnologia, e que também deves conhecer como Visible Air.

Quando as Nike Air Tailwind e a sua câmara de ar encapsulada viram a luz em 1978, os sneakerheads não tiveram outro remédio senão confiar que a tecnologia Air da Nike funcionava, apesar de estar oculta na entressola. À medida que a Nike entrava nos anos 80, com as Air Force 1 o Tinker Hatfield quis dar um empurrão ainda maior à tecnologia Air. Isto porque ele percebeu que as pessoas precisavam de “ver para crer”.

As Air Max 1 foram a primeira dose de Max Air. A câmara Air triplicava o tamanho da câmara encapsulada, e era claramente visível no tacão (daí o nome). Era como caminhar numa nuvem!

Um ícone da Nike durante os últimos 30 anos, as Max Air são o modelo que geralmente é associado à tecnologia Air Tech. O aspeto da câmara de ar foi tão memorável que foi convertido numa “borbulha de ar”, que ainda hoje se usa. 

De seguida chegaram as Zoom Air. Quando a Nike quer dar velocidade a uma sapatilha, a tecnologia Zoom não pode faltar. São tipicamente visíveis, ainda que se tenham focado em melhorar o desempenho ao longo dos anos.

Pela primeira vez, em 1995, incorporaram-se as fibras elásticas Zoom Air nas Nike Air Marauder. As fibras comprimem e expandem com cada passo , convertendo as Zoom Air no modelo com o amortecimento Air mais focado até à data.

Air Max vs Air Zoom

Air Max vs Air Zoom

O amortecimento mais icónico da história levou o mundo das sapatilhas a outro nível. O modelo Visible Air chega às ruas para os sneakerheads, e aos campos para os atletas no topo da carreira, para que possam sentir que disfrutam de um amortecimento inigualável. A tecnologia Air Tech da Nike não se vê, mas sente-se todos os dias enquanto cuida dos seus admiradores um pouco por todo o mundo.

Share

WHAT TO READ NEXT

MODA l Editor

As tendências de Streetwear para 2021

Chegou o novo ano e com ele imensa...

-->

SNEAKERS l Editor

Nike Air Force 1: Todos os modelos

São consideradas por alguns as sap...

-->

SNEAKERS l Editor

As melhores sapatilhas de 2020

O ano de 2021 está aí à porta e ...

-->

SNEAKERS l Editor

A evolução das sapatilhas Nike e a sua história

Quando falamos da cultura stree...

-->

SNEAKERS l Editor

Sapatilhas vegan: conheces todas?

O tempo passa, as estações mudam,...

-->

SNEAKERS l Editor

Yeezy Boost 350 V2 Sand Taupe: Onde e como comprar

A adidas e o Kanye West não estão...

-->